Renda

Antecedentes

Embora dinheiro não compre felicidade, é um meio importante de obter altos padrões de vida e maior bem-estar. A maior riqueza econômica também pode melhorar o acesso à moradia, saúde e educação de qualidade.

Renda Líquida Ajustada Disponível por Família

A renda líquida ajustada disponível por família é a quantidade de dinheiro obtido ou ganho a cada ano após a dedução de impostos e realização de transferências. Representa o dinheiro disponível para a família a fim de ser gasto na aquisição de mercadorias ou serviços. 

A renda disponível por família compreende a renda proveniente de atividades econômicas (salários e remunerações; lucros dos donos de negócio próprio), de propriedades (dividendos, juros e aluguéis), de benefícios sociais em espécie (aposentadoria, seguro-desemprego, salário-família, renda básica de cidadania, etc.) e de transferências sociais em espécie (mercadorias e serviços, tais como assistência médica, educação e moradia, recebidos gratuitamente ou ofertados a preços reduzidos). Na OCDE, a média da renda líquida ajustada disponível por família per capita é de US$ 29.016,00 por ano.

Riqueza Financeira Líquida por Família

A riqueza financeira líquida por família é o valor total do patrimônio financeiro familiar ou a soma dos ativos menos passivos. A riqueza financeira leva em conta: poupança, ouro monetário, moeda e depósitos, ações, títulos e empréstimos. Tais bens financeiros podem gerar uma importante fonte de receita por conta própria; ou vendendo-os ou refinanciando-os por meio de pensões, pagamento de juros e dividendos ou outra renda proveniente de propriedades. Teoricamente, mensurar a riqueza familiar também deveria incluir ativos não financeiros (por ex., terrenos e casas), mas esta informação está disponível no momento somente para poucos países da OCDE e não está incluída aqui.

A riqueza familiar forma um componente importante dos recursos econômicos por família e pode proteger contra a vulnerabilidade e privação econômicas. Por exemplo, uma família de baixa renda cuja riqueza é acima da média será mais próspera que uma família de baixa renda sem riqueza alguma. Na OCDE, a média da riqueza financeira líquida por família per capita é estimada em US$ 84.547,00.

custo de vida é considerado nos números relativos à renda e riqueza, pois os valores informados são ajustados pelas Paridades do Poder de Compra (“PPPs”). As PPPs refletem as diferenças do custo de vida em relação ao montante comparável das mercadorias e serviços consumidos pelas famílias.

No decorrer dos últimos anos, as famílias vêm usufruindo de maior renda em média e a riqueza financeira aumentou em muitos países da OCDE. Apesar do crescimento geral dos padrões de vida, alguns grupos foram deixados para trás e a desigualdade também aumentou ao longo do mesmo período. Alguns países da OCDE, como Chile, México, Turquia, Estados Unidos e Israel, têm uma distribuição de renda muito mais desigual que os outros. Em contrapartida, os países do leste europeu e os países nórdicos se caracterizam por apresentar desigualdades de renda mais baixa. Nos países da OCDE, a média da renda líquida ajustada disponível dos 20% da população de classe alta é estimada em US$ 60.642,00 por ano, enquanto os 20% da população de classe baixa vivem com uma estimativa de US$ 9.553,00 por ano.

Para obter mais informações a respeito de estimativas e anos de referência, consulte a seção FAQ e o banco de dados do Índice para uma Vida Melhor.

Renda em mais detalhes por país